Engenheira Naama Mashiach desenvolveu uma pulseira inteligente para bebês que monitora as medidas do corpo e contém um sensor de gravação que se liga somente se detectar estresse.

Na’ama Mashiach, uma engenheira de profissão e mãe de um bebê de nove meses de idade, desenvolveu uma pulseira inteligente para bebês que monitora as medidas do corpo e contém um sensor de gravação que se liga somente quando detecta estresse.

O bracelete é conectado a um aplicativo no telefone dos pais para emitir um alerta em tempo real se detectar que um bebê ou criança está angustiado. Mashiach teve a ideia quando um dia seu filho estava na creche e descobriu que ele havia sido deixado negligenciado e chorando por muito tempo.

Ela o retirou da creche, mas não esqueceu o incidente. Ela estava preocupada com o fato de seu bebê ter ficado em perigo por tanto tempo e não foi avisada.

Para contornar o problema, a Mashiach lançou uma campanha de financiamento para a população para desenvolver e refinar a pulseira e oferece aos apoiadores uma compra antecipada com um desconto significativo.

Como funciona a bracelete?
Segundo ela, o bracelete rastreia os indicadores fisiológicos do bebê usando sensores externos como um relógio inteligente e, se detectar estresse, envia um alerta imediato a um dos pais. Além disso, o sistema liga um sensor de som para que a mãe ou o pai possa ouvir em tempo real o que está acontecendo com seu bebê.

 

Fonte: The Jerusalem Post